Portugal
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

JPP afirma que "estamos entregues 'à bicharada'"

O Juntos Pelo Povo afirmou, esta manhã, que "enquanto o PSD e o CDS andam, agora, a brigar pelo tacho de presidente da Assembleia, donde virão, com certeza, novas chantagens negociadas nas costas dos madeirenses, depressa chegamos à conclusão que o acordo de incidência parlamentar assinado entre PSD, CDS e PAN representa duas mãos «cheias de nada»".

Élvio Sousa, reeleito deputado, considera que "é inadmissível que deste acordo resulte, apenas, prioritariamente o bem-estar animal, quando infelizmente temos 74 mil madeirenses em risco de pobreza, reformados a viver com duzentos e tal euros ao mês, temos 118 mil atos médicos por realizar e madeirenses sem o direito de saberem quanto tempo irão aguardar para uma cirurgia, exame ou consulta, quando temos a classe média a contar os tostões com os impostos IRS e IVA altos; quando o salário mínimo regional é menos 13 euros que nos Açores”, lamentou. razão “para afirmarmos que estamos entregues à bicharada!”.

Por estes motivos, o partido considera que “vai continuar a prevalecer a escravidão fiscal sobre o povo". 

Albuquerque acaba por ser um traidor do Povo da Madeira ao negociar, nas costas dos madeirenses, diretamente com os donos de Lisboa, rasgando a carta autonómica Élvio Sousa, JPP

“Inês de Sousa Real está vislumbrada com o ambiente subtropical insular e desconhece por completo as dificuldades reais dos madeirenses. Está mais preocupada com a bicharada”, concluiu.