Portugal
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Continente com temperaturas que podem chegar aos 37 graus a partir de 6.ª feira

Foto Shutterstock

As temperaturas máximas no continente vão estar a partir de sexta-feira acima dos 30 graus Celsius, podendo atingir os 37 graus, cerca de 5 a 8 graus acima da média para o mês de setembro, segundo o IPMA.

Esta subida generalizada da temperatura acompanhada da diminuição da humidade relativa do ar vai contribuir para um agravamento do perigo de incêndio rural, em especial no Algarve nas regiões do interior, de acordo com a meteorologista Ângela Lourenço, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

A partir de sexta-feira, o estado do tempo no continente será influenciado por uma "intensa crista anticiclónica localizada sobre a Europa Ocidental, associada ao transporte de uma massa de ar quente e seco, com origem no Norte de África".

"Este episódio de tempo quente em Portugal continental vai-se fazer sentir principalmente a partir dos dias 29 e 30 [sexta-feira e sábado]. Até agora já foram registados valores de temperatura máxima acima da média próxima ou superiores a 30 graus em algumas regiões do país", disse.

No entanto, sublinhou Ângela Lourenço, a partir de sexta-feira e sábado vai-se registar uma subida significativa, o que tem como consequência que as temperaturas máximas, em particular na região sul e no Vale do Tejo, poderão atingir valores entre 35 e 37 graus.

"Estes valores são acima dos valores normais para o mês de setembro. Ainda que não sejam expectáveis valores absolutos de temperatura máxima comparáveis a episódios ocorridos durante os meses mais quentes, os valores previstos correspondem a anomalias de até cerca de 5 a 8 graus acima dos valores médios habituais para esta altura do ano", destacou.

No que diz respeito às temperaturas mínimas, Ângela Lourenço adiantou que irão registar uma subida, podendo ser registadas noites com valores iguais ou superiores a 20 graus, que o IPMA caracteriza como noites tropicais, em alguns locais, em especial no litoral da região do Algarve.

"Esta situação de tempo quente deverá persistir até ao início da semana, até dia 03. A partir daí existe alguma incerteza se esta persistência de temperaturas elevadas deverá continuar ou não. Em todo o caso, mesmo que ocorra uma descida de temperatura, os valores irão manter-se acima da média para a época do ano", disse.

Segundo Ângela Lourenço, se o cenário da influência da crista anticiclónica persistir e o episódio de tempo quente se prolongar por mais dias, em especial na região Sul, poderá ocorrer uma onda de calor.