Portugal
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Aumento da dívida do Funchal "é natural" pois é "fruto do investimento"

Cristina Pedra atribui subida do passivo da CMF também à dívida à ARM, que não estava contabilizada em 2021

A vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal (CMF) reagiu aos números do anuário financeiro dos munícipios, que dá conta do aumento do passivo da autarquia da capital madeirense em 9 milhões de euros, face a 2021, conforme niticia hoje o DIÁRIO.

É natural que haja um aumento da dívida da câmara fruto do investimento que tem sido feito e que tem sido bem descriminado. Mas também a taxa de financiamento de 2021 que está no orçamento, teria de ser corrigida com a dívida à ARM, que não estava contabilizada e que nós identificámos como sendo de 40 milhões de euros. Cristina Pedra, vice-presidente CMF

A notícia que faz a manchete de hoje do seu DIÁRIO destaca que a dívida das câmaras sobe após 10 anos em queda. O Funchal aumentou o passivo em mais de 9 milhões de euros face a 2021, ascendendo ao 14.º lugar do ‘ranking’ nacional. Já Santana foi o município da Região com o melhor desempenho financeiro. O Anuário Financeiro dos Municípios revela, também, que os 11 municípios madeirenses tinham, no final do ano passado, um somatório de dívidas na ordem dos 104 milhões de euros.