Cape Verde
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

TACV diz que venda de corredor aéreo é ilegal e não põe em causa ligações com Portugal

A Cabo Verde Airlines informou hoje que o procedimento de venda ou leilão de corredor aéreo não existe em qualquer país da União Europeia e que o acto é ilegal.

 Em comunicado, ao qual o A Nação teve acesso, a companhia aérea de bandeira garantiu que o acto “não põe em causa as operações de e para Portugal, pelo que não suscita preocupação a nível comercial e operacional”.

Procedimento ilegal 

Ainda, esclareceu, “este procedimento, venda ou leilão de slots, não existe em Portugal ou em qualquer outro país da União Europeia”, pelo que o acto “é ilegal e está sendo tratado nas instancias judiciais”.

O caso 

Este posicionamento surge na sequência de notícias veiculadas na comunicação social portuguesa e reproduzidas em Cabo Verde, segundo as quais as “faixas horárias” e serviços associados, até então detidos pela TACV/CV Airlines, com destino a Lisboa, estão à venda.

Conforme notícia da RTP, em causa estão dívidas da TACV que acumulam o montante de cerca de 211.000€ (23.265.915$00).

O leilão online, gerido por uma agência de execução, já arrancou a 19 de junho e estende-se até 12 de julho de 2023.

PUB