Cape Verde
This article was added by the user . TheWorldNews is not responsible for the content of the platform.

Alsa Todi está a recrutar mais 18 motoristas de Cabo Verde

A Alsa Todi, em Portugal, vai recrutar mais 18 motoristas cabo-verdianos. Inclusive, o inspetor-geral do Trabalho de Cabo Verde, Anildo Fortes, esteve na sede da empresa, em Setúbal, Portugal, para contactar directamente com os trabalhadores de Cabo verde que foram contratados pela empresa de transporte portuguesas e contatar o nível de integração.

 Recorde-se que a Alsa Todi lançou um projeto inédito que levou à contratação de 50 motoristas em Cabo Verde e tem a decorrer um processo que vai permitir a contratação de mais 18 colaboradores.

O encontro permitiu a troca de impressões com alguns dos 50 trabalhadores de Cabo Verde que já estão em Portugal e saber como foram recebidos, quais as condições de trabalho em que se encontram e planos para o futuro.

Um encontro informal, em que os trabalhadores manifestaram a clara intenção de continuar a trabalhar na empresa e trazerem as suas famílias para Portugal

Responsável da Alsa fala em a plena integração dos trabalhadores de Cabo Verde

Para Juan Gomez Pina, responsável da Alsa em Portugal, esta visita permitiu “confirmar a plena integração dos trabalhadores de Cabo Verde e o contributo que estão a dar junto de todos os profissionais da Alsa Todi na defesa do transporte público nesta região da margem sul de Lisboa”.

O grupo Alsa está a preparar um novo processo para a contratação de motoristas de Cabo Verde e outros Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).

A visita foi acompanhada, entre outros, por um responsável da Autoridade para as Condições do Trabalho, da delegação de Setúbal (ACT).

PUB